Gorges du Verdon e o Lac de Sainte Croix

Assim que cheguei na França, meu mais novo amigo francês me mostrou um vídeo de bungee jumping que ele fez num lugar fantástico chamado Gorges du Verdon.

Com a reputação de formar o canyon mais bonito da Europa, coloquei na minha lista de destinos obrigatórios durante a minha estadia aqui na França. E pra ser sincera, essa foi até agora a paisagem mais fantástica que vi no país.

O Lac de Sainte Croix fica no pé do canyon e é uma das principais atrações do Verdon. Quando cheguei na região, a primeira coisa que eu vi foi o lago, com uma cor que não consigo descrever de tão bonita! *.* A vista da estrada era fantástica, e tive que parar o carro imediatamente pra tirar fotos! Pena que a câmera do celular, apesar de ser muito boa, nunca pega realmente aquilo que os olhos vêem. Fiquei maravilhada só de ver a cor do lago na estrada, e pra mim, aquilo já tinha valido todo o esforço que tive pra chegar lá.🙂

IMG_1192

 

  • Como chegar

Infelizmente (ou felizmente) a melhor maneira de chegar na região é de carro. Existem sim alguns ônibus que saem de Aix en Provance e vão até Moustiers SainteMarie, mas você vai chegar lá e dificilmente vai encontrar uma infraestrutura apropriada pro passeio no canyon.

Como assim? Bom, eu explico. As cidades que ficam próximas do lago e do Canyon são muito pequenas, e dependendo da época do ano que você vai (se não for no verão), você não vai encontrar facilmente passeios que te levem no canyon.

Por isso, a melhor forma é sair de uma cidade maior, como Aix en Provence, com um carro alugado.

 

  • Hospedagem

Há um grande número de cidades que rodeiam o canyon. Se você olhar no mapa, basta procurar pelo nome da cidade. Sei que em Moustiers Sainte-Marie existem várias opções, por ser a cidade mais turística da região.

Eu me hospedei no Hôtel Restaurant L’Ermitage, que fica na entrada da cidade Les salles sur Verdon, reservado pelo booking.com.

Mas você não precisa necessariamente dormir por ali. De carro, você consegue fazer todo o caminho no período da tarde, por exemplo, terminando todo o passeio sem o dia ter terminado. Não é um caminho cansativo de dirigir, muito pelo contrário!😉

 

  • O que fazer

Segue o mapa da região:

grand-canyon-du-verdon-map

Saindo dali na esquerda do mapa, onde fica o Lac de Sainte Croix, é só seguir as setas. Ali onde tem uma bifurcação com duas setas, a escolha é simples: se você tiver tempo de sobra, vai seguir a seta que desce, se não, vai na outra. Mas se você for dar toda a volta que mostra o mapa, não precisa ir no caminho mais longo, pois a vista do outro lado do rio é a “mesma”.

No mais, não tem muito o que dizer sobre o que fazer. A paisagem é a atração.😉

 

Pra aqueles que vão por volta do mês de junho, eu super aconselho dar uma olhada na rota da Lavanda e ir visitar algum campo de lavanda da região. Um bem grande e conhecido é o Plateau de Valensole. Não tenho certeza se vou conseguir visitar ainda esse ano, mas se eu for, com certeza escrevo aqui no blog sobre a visita!

 

10150530_775176592507301_2118713601_n

10154170_775177265840567_867430849_n

IMG_1353

Veja também um pouquinho sobre:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s