Salto do Itiquira

A cerca de 115km de Brasília, indo em direção a Formosa, encontra-se a Cachoeira do Itiquira. Com 168m de queda livre, esta cachoeira está na 8ª posição das 10 maiores cachoeiras do Brasil.

De Brasília, é possível fazer bate e volta no mesmo dia, sendo assim uma ótima opção de passeio pro fim de semana e pra quem visita a capital do país. O local possui uma estrutura muito boa para visita, com calçamento, bancos, banheiros, estacionamento, além de poços para banho e cascatas ao longo do caminho.

Para-se uma taxa de R$10,00 para a visita da cachoeira.

13063126_1095261370532382_1588906847588547255_o

  • Como Chegar
O endereço é:
  • Estrada para Salto do Itiquira – Rodovia GO-116, Prq. Mun. do Itiquira, km 33, 33 km.

Saindo de Brasília pela saída norte, siga em direção a Formosa(GO). Passando por dentro de Formosa, são mais 35km até o Parque Municipal do Itiquira, conforme imagem abaixo.

Estrada

Além disso, nas redondezas você encontra outros tipos de passeios naturais que podem ser feitos no mesmo dia, como:

  • Trilha Indaiá até o topo do Itiquira – Sugiro ir bem cedo para conhecer a cachoeira do Itiquira. Depois dali, você pode ir até a Fazenda Indaiá. Ali você conhece o complexo de cachoeiras do Indaiá; e ainda consegue fazer uma trilha até o topo do Itiquira, margeando o rio e parando em diversos lindos poços para banho. Além disso, dá ainda pra conhecer a bela cachoeira Véu de Noiva, que fica no meio desta trilha. Dê uma olhada no relato desta trilha aqui. Apenas atente-se que esta é uma trilha de 4km, mais os 800m do estacionamento até a Cachoeira do Indaiá. Ao todo, são 10km de caminhada. Por isso vá cedo e aproveite bem seu tempo!
  • Cachoeira do Indaiá – Caso você não tenha tempo, ou condições para fazer a trilha de 8km (ida e volta) até o topo do Itiquira, passar o dia no complexo do Indaiá também não é nada mal! São algumas quedas d’água e o local é uma paz! Você vai andar no máximo 800m até a cachoeira principal, e os poços para banho são bastante acessíveis. Veja o relato aqui.
  • Buraco das Araras – Em um dos meus passeios até o Itiquira, depois fui fazer o rapel no buraco das araras, com trilha até o rio subterrâneo da caverna. O Buraco das araras é uma das maiores dolinas do Brasil e a segunda maior do centro-oeste. Com 105m de profundidade e 295m de largura, o buraco atrai turistas principalmente para a realização de rapel. Caso deseje fazer este passeio, procure um profissional! Sugiro ir bem cedo também, pois dependendo de quantas pessoas farão o rapel, pode ser que dure o dia todo, assim como no meu caso. Saímos de lá já de noite. Uma experiência incrível. Veja o relato aqui.
  • Estância Águas do Itiquira – Coloco aqui este clube como opção principalmente pra quem deseja passar o fim de semana, ou feriado. Aqui é possível acampar, ou ficar em chalés, além de piscinas naturais e acesso a poços de banho. Há também a opção de passar o dia no Clube, que fica no caminho da cachoeira. Digo isso pois passei grande parte da minha infância acampando no local. É realmente uma delícia o contato com a natureza, com esta ótima estrutura. Site deles aqui.
Anúncios